Dados Gerais

O município de Westfália, criado em 1996 e instalado em 2001, revela-se, apesar de contar com uma área geográfica de apenas 62,50 Km² e com uma população de 2.793 habitantes, segundo dados oficiais do Censo Demográfico do IBGE de 2010, como um município que cresce e floresce, com destaque na região.

  • cultura-presente-dia-a-diaEmancipação: 16 de abril de 1996
  • Gentílico: Westfaliano
  • Área: 63.702 Km²
  • Densidade demográfica: aprox. 44 hab/Km²
  • Homens: 1406
  • Mulheres: 1387
  • População urbana: 1130
  • População rural: 1663
  • Eleitores: 2407
  • Domicílios ocupados: 867
  • Média de moradores por domicílio: 3,2
  • Limites: Imigrante, Boa Vista do Sul e Teutônia
  • Principal acesso: Rota do Sol – RS 453
  • Distância da capital: 115 Km

Com aproximadamente 60% da população morando no meio rural, a base principal da economia de Westfália é a produção primária, em que se destacam a produção leiteira, a suinocultura, a avicultura de corte e a avicultura de postura. Ao lado da agropecuária, também a indústria, representada por um frigorífico de aves, um frigorífico de bovinos, por metalúrgicas, fábrica de móveis e serraria, tem significativa importância para o município. Como atividades complementares, são importantes as atividades de comércio e de serviços, como os postos de combustíveis, supermercados, lojas de materiais de construção, padarias, bancos, lojas de eletrodomésticos, lojas de vestuário, institutos de beleza, bares e restaurantes.

Com o desenvolvimento do município, novas alternativas econômicas começam a surgir, principalmente na área de agronegócios, entre as quais despontam como promissoras: a produção de cogumelos, de leite de cabra e de hortigranjeiros e a fruticultura. Várias atividades artesanais também fazem parte do cotidiano de Westfália, como a produção de vassouras, cestos e balaios, sapatos-de-pau, vinhos, queijos, doces caseiros, mel, balas e outros produtos artesanais.

Através de programas de incentivo, a produção primária experimentou aumentos médios anuais fazendo que as receitas previstas do Município crescessem acima do previsto. Estes resultados mostram o acerto da opção da população em criar o seu próprio município, gerando progresso e melhores possibilidades para os munícipes e possibilitando que 65% das propriedades rurais tenham sua sucessão familiar garantida.

Esta realidade, com uma administração austera e com visão de desenvolvimento, permitiu ao Município aplicar recursos superiores aos exigidos em lei na educação e na saúde e investir, em média 22% do total do orçamento, em obras, além de beneficiar atividades econômicas, culturais e de assistência social. Assim, a saúde tem sido considerada como uma conquista pela população, ao lado dos benefícios da agricultura. Na educação, o número de alunos está crescendo a cada ano, principalmente nas escolas do interior, com evasão e reprovação escolar baixas e com um dos índices mais baixos de analfabetismo.

Com localização estratégica e acesso privilegiado aos principais centros consumidores, Westfália apresenta condições para um contínuo desenvolvimento e um potencial significativo para o turismo. Como atrativos turísticos, dispõe de belas paisagens de vales e montanhas, matas naturais, cascatas e uma extensa área com lagoas naturais. Ao lado dos aspectos geográficos, a cultura é outro atrativo muito importante na Westfália, em que se destacam o dialeto e o sapato de madeira, ambos conhecidos como sapatos-de-pau, a arquitetura em estilo enxaimel e os demais expoentes como corais, grupo de danças, banda municipal, culinária típica, produtos artesanais e festas. Anualmente, Westfália festeja seu aniversário que atrai milhares de pessoas ao município, sendo um dos atrativos a realização de um jogo de futebol em que as chuteiras são sapatos-de-pau. Atualmente duas propriedades ligadas à produção de cogumelos, leite de cabra e chás medicinais já participam do turismo na Rota Germânica.

Westfália, que conta com um povo ordeiro e trabalhador que traz como herança dos antepassados o espírito associativo e o empreendedorismo, merece, pela sua dedicação e esforço, o seu espaço no mapa do Rio Grande do Sul e do Brasil.